Sábado, 24/06/2017, Hora: Boa tarde. Seja bem vindo!.

Atendimento
(54)2104-1150

Notícias/Eventos eAgenda

05/01/2016 Panorama Econômico - Terça-Feira - 05/01/2016
Panorama Econômico - Terça-Feira - 05/01/2016

Brasil – PT defende 'Carta ao Povo Brasileiro' às avessas, com corte de juros e uso de reservas para reaquecer economia


Cúpula do PT defende que Dilma faça 'Carta ao Povo Brasileiro' às avessas – Preocupada com a aproximação das eleições municipais, a cúpula do PT quer que a presidente Dilma Rousseff faça uma espécie de Carta ao Povo Brasileiro às avessas, desta vez não mais para atrair o mercado financeiro, como fez Lula em 2002, mas para indicar um novo rumo. A proposta conta com apoio dos ministros do PT, que avaliam que o governo precisa de outra mensagem, que transmita esperança e estimule o setor produtivo. Os petistas prometem redobrar a pressão pela queda dos juros. Pregam, ainda, o uso de parte das reservas internacionais para reaquecer a economia. Pelos cálculos internos, se Dilma recorresse a US$ 130 bilhões, poderia combater a crise com um vigoroso pacote de infraestrutura e investimentos, melhoraria a situação fiscal e ainda continuaria com um caixa gordo de reservas. O ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, é contrário e Lula apoia a medida.


Leilões do Tesouro e do BC estarão no foco - A agenda doméstica tem como destaque a divulgação dos índices de Medo do Desemprego e de Satisfação com a Vida, medidos pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), às 11 horas. Entre os eventos, a presidente Dilma Rousseff reúne-se com o ministro da Casa Civil, Jaques Wagner (10h00). Às 11 horas, o Tesouro Nacional faz leilão de venda de NTN-B de até 750 mil papéis para os vencimentos 15/5/2021 e 15/8/2026 e até 150 mil títulos para os vencimentos de 15/5/2035 e 15/5/2055. Resultados a partir de 12h30. Também realiza ao meio-dia a oferta de até R$ 5 bilhões em títulos públicos em operação compromissada de 6 meses. Já o Banco Central faz das 11h30 às 11h40 leilão de até 11.600 contratos de swap cambial com data de vencimento para 01/06/2016, 03/10/2016 e 02/01/2017 para rolagem do vencimento de swap em 01/02/2016. Resultado a partir das 11h50.


Mercados Internacionais – Mercados ainda tensos por conta da China, inflação na Europa segue em ritmo lento


Bolsas

Futuros de NY recuam, bolsas europeias divergem - Os futuros de NY operam em queda, refletindo aversão ao risco, após a queda forte das bolsas chinesas, e as tensões geopolíticas entre Arábia Saudita e o Irã. No entanto a queda é menor hoje, refletindo as intervenções do Banco do Povo da China nos mercados financeiro e de câmbio para tentar acalmar os investidores. Na Europa, as bolsas respondem melhor a intervenção, e também em parte pela expectativa em torno dos dados de inflação, que se apresentaram um pouco abaixo do esperado.

Bolsas asiáticas em queda - As bolsas asiáticas continuaram com perdas hoje, mas significativamente menores do que a sessão anterior, boa parte reagindo positivamente intervenção do PBoC e comentários da Comissão Reguladora de Valores Mobiliários da China. A bolsa de Xangai recuou 0,3%, enquanto o Shenzhen Composto teve queda de 1,9%. A Bolsa de Tóquio acompanhou o viés das chinesas e caiu 0,42%, afetada também pelo iene relativamente forte em relação ao dólar. As bolsas de Hong Kong, Seul e Sydney fecharam com -0,65%, +0,61% e -1,63%, respectivamente.


CPI da zona do euro menor do que esperado – Na zona do euro, os dados do índice de preços ao consumidor, CPI, de dezembro avançaram 0,2% na comparação mensal, menor do que os 0,3% esperados pelo mercado. O núcleo da inflação permaneceu inalterado em 0,9%. Parte dos analistas apontam a justificativa para os dados fracos a queda nos preços de petróleo no final de 2015, elevando a expectativa de que sejam anunciados novas medidas de estímulo neste ano.


Williams, do Fed, diz que economia ainda precisa de política acomodatícia - O presidente do Fed de São Francisco, John Williams, alertou que o país precisa de uma política acomodatícia por parte da autoridade monetária, pois “Ainda existem obstáculos significantes oriundos de países de outras partes do mundo a serem encarados pela economia dos EUA, o dólar forte e questões relativas a moradia”. Williams disse que vê uma campanha constante de aumento de juros neste ano, assumindo um crescimento contínuo, mais ganhos no emprego e um aumento da inflação. A expectativa dele é de crescimento entre 2,0 e 2,5% em 2016 e a taxa de desemprego recuando para 4,5%. Segundo ele, em média, os dirigentes do Fed esperam "quatro elevações das taxas de juros, o que levaria a meta do banco central para cerca de 1,35%".


PBoC intervém no mercado de câmbio – O Banco Central chinês. PBoC, realizou uma tentativa de acalmar os investidores, injetando 130 bilhões de yuans (US$ 19,9 bilhões) em recursos de curto prazo no sistema financeiro chinês, movimento semelhante ao realizado em setembro do ano passado. O BC chinês também interveio no mercado de câmbio, com o objetivo de dar sustentação à moeda local, o yuan. A Comissão Reguladora de Valores Mobiliários da China defendeu o circuit breaker, estreado ontem, pois segundo a instituição ajudou a acalmar os mercados do país e a proteger os investidores. Existe um temor de que acionistas se desfaçam de 1 trilhão de yuans em ações no dia 8, pois expira uma medida que proíbe a venda de grandes participações acionárias, a Comissão disse ser irrealista a possibilidade.


Radar: PMIs de serviços da China e do Japão e dados dos EUA em destaque - Nos EUA serão conhecidos os dados do índice das condições empresariais de Nova York de dezembro de 2015 às 12h45. Sem horário previsto também serão anunciadas as vendas de automóveis norte-americanas do último mês de 2015. À noite, a API informa os dados sobre estoques de petróleo bruto na semana até 1º de Janeiro (19h30). Na Ásia, o Japão informa o PMI serviços de dezembro às 23h35. Na China será anunciado o PMI de serviços medido pela Caixin Media com a Markit de dezembro às 23h45.


Conforme Análise da XP Investimentos


Agronegócio


Soja

Chicago registra leves altas e testa recuperação, com foco ainda no clima e financeiro - O mercado internacional da soja, na sessão desta terça-feira se comporta de forma técnica e testa uma recuperação depois  das expressivas baixas registradas ontem. Com o movimento chamado de "turnaround tuesday" (reviravolta da terça-feira), as cotações subiam pouco mais de 6 pontos entre os principais contratos, com o vencimento maio/16 valendo US$ 8,66 por bushel. O ano começa com os traders muito atentos aos movimentos do mercado financeiro, principalmente na China - que iniciou 2016 perdendo 7% nos principais índices acionários - e também ao clima na América do Sul. E o primeiro impacto veio com as chuvas - ainda limitadas - que voltaram ao Mato Grosso nos últimos dias e pesaram sobre as cotações. O cenário climático, no entanto, ainda exige cautela dos produtores. 

Fonte: Notícias Agrícolas


Milho

Após perdas recentes, mercado exibe reação em Chicago - As cotações do milho negociadas na Bolsa de Chicago (CBOT) exibem leves altas na manhã desta terça-feira. O mercado testa uma reação após recuo de mais de 6 pontos no dia anterior, quando as cotações do cereal foram pressionadas pelas especulações em relação à economia da China, o que desencadeou vendas em vários mercados globais. Além disso, os embarques semanais, divulgados pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), ficaram abaixo das expectativas dos participantes do mercado. Na semana encerrada no dia 31 de dezembro, os embarques de milho totalizaram 324,566 mil toneladas. Já as apostas dos investidores estavam entre 475 mil a 600 mil toneladas. Conforme dados do site Pro Farmer, os embarques do cereal estão em torno de 22,2% do registrado no mesmo período do ano anterior.

Fonte: Notícias Agrícolas


 



Demais Notícias

31/01/2016 Desbancarize seus investimentos
08/01/2016 Panorama Econômico - Sexta-Feira - 08/01/2016
07/01/2016 Panorama Econômico - Quinta-Feira - 07/01/2016
06/01/2016 Panorama Econômico - Quarta-Feira - 06/01/2016
04/01/2016 Panorama Econômico - Segunda-Feira - 04/01/2016
30/12/2015 Panorama Econômico - Quarta-Feira - 30/12/2015
29/12/2015 Panorama Econômico - Terça-Feira - 29/12/2015
28/12/2015 Panorama Econômico - Segunda-Feira - 28/12/2015
23/12/2015 Panorama Econômico - Quarta-Feira - 23/12/2015
22/12/2015 Panorama Econômico - Terça-Feira - 22/12/2015
21/12/2015 Panorama Econômico - Segunda-Feira - 21/12/2015
18/12/2015 Panorama Econômico - Sexta-Feira - 18/12/2015
17/12/2015 Panorama Econômico - Quinta-Feira - 17/12/2015
16/12/2015 Panorama Econômico - Quarta-Feira - 16/12/2015
15/12/2015 Panorama Econômico - Terça-Feira - 15/12/2015
14/12/2015 Panorama Econômico - Segunda-Feira - 14/12/2015
11/12/2015 Panorama Econômico - Sexta-Feira - 11/12/2015
03/12/2015 XPF na Logistech 2015