Segunda-feira, 11/12/2017, Hora: Boa noite. Seja bem vindo!.

Atendimento
(54)2104-1150

Notícias/Eventos eAgenda

30/12/2015 Panorama Econômico - Quarta-Feira - 30/12/2015
Panorama Econômico - Quarta-Feira - 30/12/2015

Brasil – Reajuste do mínimo acima do previsto. Governo prevê 250 votos contra impeachment.

Reajuste do mínimo terá impacto de R$30 bi em 2016 - O Diário Oficial da União de hoje traz o decreto que define o salário mínimo em R$ 880 a partir de 1º de janeiro de 2016 - reajuste de 11,67% no valor em vigor hoje, de R$ 788. Dos R$30,2 bilhões a mais de despesa, o Ministério do Planejamento esclareceu que R$ 27,3 bilhões já estão previstos no Orçamento de 2016, e os outros R$ 2,9 bilhões não estão na peça orçamentária e será necessário encontrar maneiras de equacionar a conta. O Projeto de Lei Orçamentária Anual 2016, tinha como proposta um valor de R$856,46, a diferença para o que será implementado vai ampliar o impacto nas contas públicas em R$ 4,77 bilhões.


Wagner prevê 250 votos contra impeachment - O ministro Casa Civil, Jaques Wagner, declarou ontem à Globo News que o governo deve conseguir 250 votos na Câmara para impedir o processo de impeachment, acima dos 171 necessários. Do outro lado da disputa, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, afirmou que o governo pode até ter um terço dos votos, mas que "não significa que adquira governabilidade, vão ser três anos de governo capenga".


Radar: Fluxo, leilões do BC e coletiva do Tesouro em destaque - Os únicos dados previstos para o dia no Brasil são os do fluxo cambial semanal, às 12h30. À tarde, às 15h15, o Banco Central faz dois leilões de linha, no total de até US$ 1,4 bilhão. O leilão A ocorre das 15h15 às 15h20 e o B, das 15h30 às 15h35. Entre eventos, a presidente Dilma Rousseff recebe o ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência, Ricardo Berzoini, às 10 horas. O secretário interino do Tesouro Nacional, Otávio Ladeira, concede coletiva de imprensa às 14h30 sobre o pagamento das pedaladas fiscais apontadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU).


Mercados Internacionais – Petróleo e bolsas recuam no exterior.

Bolsas

Futuros de NY e bolsas europeias recuam – Após interromper a sequência de duas quedas, os futuros de NY e as bolsas europeias recuam. Na Europa, o setor de energia está entre os mais penalizados com a volta dos preços do petróleo para o negativo, após uma recuperação na véspera.


Bolsas asiáticas fecham mistas – Na Ásia e Pacífico, as bolsas não tiveram uma direção única nesta quarta-feira. Um dos destaques foi o mercado australiano e valorizando pelo nono pregão consecutivo, impactado pela recuperação do petróleo ontem. A Bolsa de Sydney subiu 1%, ao maior nível em dois meses. Na China, após mais uma sessão volátil, o índice Xangai Composto subiu 0,3% e o Shenzhen Composto avançou 0,9%. No acumulado do ano, o Xangai lidera os ganhos na Ásia, com valorização de 10,5%. Em Hong Kong, por outro lado, o Hang Seng caiu 0,53%. O tom foi igualmente negativo em Seul (-0,25%). A Bolsa de Tóquio fechou em leve alta, de 0,27%. No acumulado de 2015, o ganho do Nikkei foi de 9,07%.


Base monetária da zona do euro avança como esperado - A base monetária (M3) da zona do euro, registrou alta de 5,1% em novembro na comparação anual, segundo o Banco Central Europeu. O resultado veio em linha com a expectativa de analistas.


Radar: Dados dos EUA no radar internacional - No exterior, os destaques são dois dados dos EUA. São vendas pendentes de imóveis em novembro, às 13 horas, e estoques semanais de petróleo apurados pelo Departamento de Energia (DoE), às 13h30.


Conforme Análise da XP Investimentos


Agronegócio

Soja

Cotações acompanham fundamentos e preços do petróleo - Nova sessão de preços em alta para a soja nesta quarta-feira (30) na Bolsa de Chicago. O mercado internacional ainda vem obedecendo a seus patamares de suporte e resistência, com os fundos de investimento se posicionando para um fechamento de ano positivo nestas últimas sessões de 2015. Segundo analistas, esse quadro é intensificado, na medida em que as informações entre os fundamentos - apesar dos problemas no Brasil - se tornam mais escassas e os componentes paralelos que atuam sobre as cotações também acabam perdendo força. O petróleo voltou a recuar hoje e, ainda de acordo com os analistas internacionais, poderia pesar, mesmo que de forma pontual, os futuros da soja em Chicago. Essa baixa já pressionou, inclusive, as bolsas asiáticas, que devolveram as últimas altas com esse novo recuo da commodity. Os valores se aproximaram das mínimas em 11 anos. 

Fonte: NA


Milho

Mercado inicia pregão com leves altas tentando consolidar ganhos – As cotações futuras do milho negociadas na Bolsa de Chicago (CBOT) iniciaram o pregão desta quarta-feira (30) com leves ganhos. O mercado tenta ampliar as valorizações registradas na sessão de ontem, quando os futuros da commodity operaram com volatilidade, porém, fecharam o dia com ligeiras altas, cenário decorrente de uma movimentação técnica. O pregão também foi marcado pelo baixo volume de negócios devido às festividades de final de ano. Com isso, os participantes do mercado seguem atentos às informações em relação à oferta na América do Sul e também da China. Isso porque, no início dessa semana surgiram rumores de que a nação asiática poderia negociar seus amplos estoques, depois da alta registrada nos preços do cereal no mercado interno chinês. Ainda assim, o Rabobank projetou que os preços do grão devem se manter sustentados no primeiro semestre de 2016.

Fonte: NA


A XPF Invest e XPF Agro deseja a todos seus clientes e amigos Boas Festas e Feliz 2016!!


 



Demais Notícias

31/01/2016 Desbancarize seus investimentos
08/01/2016 Panorama Econômico - Sexta-Feira - 08/01/2016
07/01/2016 Panorama Econômico - Quinta-Feira - 07/01/2016
06/01/2016 Panorama Econômico - Quarta-Feira - 06/01/2016
05/01/2016 Panorama Econômico - Terça-Feira - 05/01/2016
04/01/2016 Panorama Econômico - Segunda-Feira - 04/01/2016
29/12/2015 Panorama Econômico - Terça-Feira - 29/12/2015
28/12/2015 Panorama Econômico - Segunda-Feira - 28/12/2015
23/12/2015 Panorama Econômico - Quarta-Feira - 23/12/2015
22/12/2015 Panorama Econômico - Terça-Feira - 22/12/2015
21/12/2015 Panorama Econômico - Segunda-Feira - 21/12/2015
18/12/2015 Panorama Econômico - Sexta-Feira - 18/12/2015
17/12/2015 Panorama Econômico - Quinta-Feira - 17/12/2015
16/12/2015 Panorama Econômico - Quarta-Feira - 16/12/2015
15/12/2015 Panorama Econômico - Terça-Feira - 15/12/2015
14/12/2015 Panorama Econômico - Segunda-Feira - 14/12/2015
11/12/2015 Panorama Econômico - Sexta-Feira - 11/12/2015
03/12/2015 XPF na Logistech 2015